Como vencer as tentações?

1. Encare a realidade da situação. Diga a Deus exatamente como se sente (Fp 4.6; Hb 4.16, 7.25). Ele não ficará espantado e até respeitará sua sinceridade. Foi ele quem nos criou com anseios emocionais profundos e intensos desejos físicos. Ele conhece a nossa estrutura.

2. Reconheça que a tentação é temporária. Mesmo que ela seja muito forte e sedutora, não durará para sempre, ainda que possa repetir-se.

3. Veja o que as Escrituras ensinam. A Palavra de Deus é nossa melhor defesa contra Satanás e suas artimanhas, uma das quais é encher-nos de dúvidas quanto às boas intenções de Deus para nós e fazer-nos pensar que somos exceções à sua lei. Nosso conhecimento da Palavra de Deus bem como a fé que depositamos nela nos protegem da derrota e destruição. O próprio Jesus respondeu às tentações de Satanás com a Palavra escrita. (Para saber mais sobre o plano de Deus, leia 1 Coríntios 6, 7.24, 2 Coríntios 7.1, e 1 Tessalonicenses 4.3.)

4. Resolva obedecer a Deus. Não importa a intensidade de seu desejo, nem o quanto terá que sofrer para fazer essa autonegação, mas viva de acordo com os padrões propostos por Deus. Se obedecer, o Senhor o fortalecerá, restaurará e recompensará.

5. Não de "lugar à carne". Não se coloque voluntariamente numa situação em que terá plenas condições de liberdade e privacidade para ceder à tentação.

6. Saiba com certeza que você pode vencer as tentações. Não importa a intensidade dela, não temos que ceder. Juntamente com cada tentação, Deus nos dá um "livramento" (1 Co 10.13). Creio que esse "livramento" é o poder do Espírito Santo - o Espírito de Cristo que habita em nós. "O Cristo que conheceis não é um ser fraco, indiferente ao que se passa dentro de vós, mas é uma força que dentro de vós vem a agir formidavelmente." (2 Co 13.3) A satisfação sexual, ao contrário do que propaga o mundo, não é inevitável, nem essencial a um bom relacionamento amoroso.

7. Agradeça a Deus porque ele compreende as dificuldades por que você está passando. Ele partilha de nossa "natureza física comum", e "por virtude do Seu próprio sofrimento, sob a tentação, pode socorrer os que estão expostos à tentação". (Hb 2.14 e 18) Até mesmo o apóstolo Paulo teve que renegar a si próprio para aprender a confiar em Deus, e não em si mesmo. (2 Co 1.9.)

8. Permita que Deus restaure o seu espírito abatido. Depois da tentação de Jesus, vieram os anjos e o serviram. O mesmo aconteceu a Elias, depois de haver fugido desalentado. 0 Senhor nos abençoa da mesma forma, em nossas tentações. Não permita que Satanás o prejudique nem à pessoa que você ama com incriminações ou acusações pela tentação. Em vez disso, busque a melhor coisa de Deus (isto é, obedeça à sua vontade revelada em sua Palavra, que proíbe a infidelidade) para os dois, pois "... Deus é a resposta cabal às nossas mais profundas e ardentes aspirações". (1 Co 6.13)

9. Não procure suportar seu sofrimento sozinho. Procure uma pessoa, um amigo, um conselheiro, em quem possa confiar, e que possa ajudá-lo a entender seus próprios sentimentos, pensamentos e ações. Essa pessoa pode ajudá-lo a compreender suas reações, e auxiliá-lo a reforçar sua decisão de obedecer a Deus. "Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados." (Tg 5.16.)

10. Procure um relacionamento melhor com seu cônjuge, se é casado. Procure, de maneira ativa, consolidar bem o seu relacionamento conjugal, pois até mesmo um bom casamento pode ficar debilitado por falta de apoio emocional.

Referência: http://www.saldaterrasul.com/inicio/estudos/vencer_tentacoes.html

9 comentários:

  Anônimo

14 de janeiro de 2011 10:58

parabens!essa mensagem me ajudou bastante..pois eu estava me sentindo sozinha,culpada.Mais graças a deus por essamensagem continuem assim fazendo a vontade de deus..q deus vos abençoe muito mesmo

  Anônimo

2 de junho de 2011 16:04

Abriu muito minha mente em relação a tentações e como posso vence-las

  Anônimo

22 de julho de 2012 10:42

namoro ja algum tempo num comete nenhum pecado mas acho q meu jeito de namorar pode ser errado porque eu e minha namorada conversamos muito sobre sexo e nossas carinçias são muito intensas isso e pecado ou é normal

  Leandro Freitas

6 de agosto de 2012 06:56

a Paz meu jovem...
em relação ao que você diz respeito a sexo, este na verdade não e um assunto a ser discutido com sua namorada por enquanto, se você quiser ter um namoro sincero e digno de ser abençoado pelo senhor, tente evitar estes assuntos, pois a carne é fraca e o inimigo trabalha através de nossas fraquezas e entra em qualquer brecha que encontrar. Em questão a caricias, sugiro a mesma forma, de fato que isso a cada vez se torna mais forte estou errado? passar dos limites é pecado sim, de fato que temos a sensação de prazer, Deus certamente não se agrada, tenha um namoro sincero e justo não passando dos limites, vença os desejos carnais orando ao senhor pedindo-lhe discernimento espiritualidade e forças para não cair em tentação, faça jejuns, orações de madrugada, isso tudo te ajudará e te levará a um bom conhecimento e sabedoria sobre as doutrinas do senhor em seu namoro. espero que te ajude. fique na paz do senhor Jesus!

  Anônimo

14 de agosto de 2012 21:08

Obg. irmãos!! já ñ sabia mais o que fazer pois hj quase cheguei ao ponto de fazer sexo com minha namorada, faltou pouco agradeço a Deus por ter me segurado, tenho certeza que essa publicação ajudará muito. obg!

  Anônimo

5 de setembro de 2012 17:36

és uma beção esse estudo nos ajudou muito Deus abençoe .


tami s2 bruno

  Anônimo

16 de fevereiro de 2013 09:24

Parabens Voce nao so ajudou a juventude tenho 53 anos e com a sua mensagem me encheu de coragem que Jesus te ilumine sempre.

  Anônimo

27 de fevereiro de 2013 09:41

Deus é bom

  Sherlock Holmes

21 de dezembro de 2015 05:20

Sexo é bom mesmo viu! Li várias publicações aqui, não perdi tempo com comentários dos perdidos "incrédulos". Pode-se notar o problema viral na vida do cristão através das publicações. É fácil falar: Vigie, ore, etc! Funciona por algum tempo, más, chega a hora que Satanás astuto, esperto, toma as rédeas do "crente"! Satanás não está nem ai para o tempo, se 1,2,3...10 anos de namoro "sério" entre o casalzinho, a hora chega, e quando ela chegar qualquer um se dobra a ele. Satanás conseguiu vencer Eva - Perfeita, nunca havia pecado ou conhecido pecado, nem sabia o que era pecado, sem pessoas para instigar a curiosidade por sexo devasso, sem INTERNET para mesmo "sem querer" clicar numa página indevida, se bem que, hoje em dia nem precisa mais, as imagens pornográficas invadem páginas lícitas, “um tapa na cara da sociedade de bem”. Por fim, Satanás venceu-a! Tudo que tem no blog é produtivo e vai ajuda-lo muito a você que quer viver uma vida reta. PORÉM, faltou publicarem um artigo sobre: "Como o cristão deve namorar", isto mesmo, observando os comentários o tal problema viral citado a cima mora aqui. Mora aqui o segredo de não precisar sofre as tentações ou viver na "corda bamba", tipo o comentário do rapaz acima rsrsrs, "sou bonito, fui convidado pra ser modelo, sou pregador da Palavra, más, ....", poupe-me, esse já caiu há tempos! Vou escrever em fonte maiúscula agora:

“NAMORO ENTRE OS CRENTES”

1º - Não confunda com namoro mundano, não tem 0% haver, isto mesmo, disse 0%!
2º - Não existe contato físico em namoro de crentes. Absurdo? Não! Você que anda viciado em observar namoro mundano!
3º - O Crente namora com objetivo de constituir família de verdade, onde honre a Deus em tudo, e onde os filhos possam usar como exemplo.
4º - Casou-se? Muito bem! Logicamente, sexo é bom, muito bom mesmo, melhor ainda quando se faz com a parceira (o), sem aberrações ou sem ultrapassar os limites da normalidade. Fuja dos apetrechos mundanos para "incrementar" o sexo. Sexo, quanto mais simples ou normal, melhor fica, prazer 100% garantido pra sempre. Se passar da normalidade, perdem-se as "rédeas", e ai meu amigo UM ABRAÇO, segue ladeira a baixo rumo a destruição do casamento.

Desculpem os erros ortográficos não deu tempo de corrigir – Abraços Deus abençoe a todos

Postar um comentário

Coloque aqui sua mensagem

Postar um comentário